>Home >Empresa >Clientes >Fornecedores >Fotos >Video >Contato

Brocas

Insertos que vivem dentro de um tecido vegetal e que se alimentam dele, as Brocas como são conhecidas, elas  vivam relativamente pouco tempo (algumas espécies só vivem 24 horas na forma adulta) elas depositam seus ovos em frestas existentes na madeira ou podem fazer elas mesmas os locais de oviposição (depende da espécie) também são chamados de brocas uma grande variedades de insertos, moluscos, larva de mariposas e borboletas, tendo com princimpal fontes de alimentação os caules de plantas e sendo que os besouros consomem madeira e outros tecidos, que são conhecidos como Coleobrocas.

 

Anobídeos
besouros cilíndricos ou ovais de 1 a 9 mm de comprimento, que apresentam a cabeça dobrada para baixo do corpo e invisível se olharmos superiormente. Geralmente são ovalados e de cor castanho-escura A maioria vive em matéria vegetal seca e algumas espécies produzem um som característico quando escavam suas galerias.


Lyctídeos
Estes besouros têm o hábito de cavar galerias em madeira seca, reduzindo-a a pó. Espécies do gênero Lyctus podem destruir completamente móveis, madeiramentos assoalhos, cabos de ferramentas, etc. Vivem dentro da madeira durante meses e nas peças de onde os adultos emergem, pode ser observada uma grande quantidade de pequenos orifícios, como se a peça tivesse sido atingida por tiros de chumbo fino. Todavia, não penetram em madeiras pintadas ou envernizadas. Os adultos alcançam quase 1 cm e a cabeça projeta-se para a frente e é proeminente quando vista por cima. Esses besouros têm corpo fino e alongado, normalmente de cor marrom-avermelhada.


Perigo

As brocas, por se alimentarem de madeira, podem destruir vigas de sustentação de casas e outras construções, comprometendo a estrutura destas. Esses insetos também podem danificar móveis e objetos de madeira e atacar madeira estocada, o que trás grandes prejuízos ao homem. Outro dano causado pelas brocas é a destruição de livros pois algumas delas comem a goma das capas dos livros e perfuram o papel deles, deixando-os inutilizáveis. Em parques e bosques, algumas brocas podem atacar troncos de árvores e matá-las.